Dono de lotérica é preso em operação da Polícia Federal que apura suspeita de desvio de auxílio emergencial

Agência lotérica pediu mais de R$ 19 milhões para auxílio, mas nunca prestou contas, segundo investigação.

Policiais federais cumpriram mandados de busca e apreensão e também mandado de prisão preventiva na RMB — Foto: Polícia Federal
Policiais federais cumpriram mandados de busca e apreensão e também mandado de prisão preventiva na RMB — Foto: Polícia Federal
Continua após a publicidade

Policiais federais cumpriram mandados de busca e apreensão e um de prisão na região metropolitana de Belém para apurar apropriação indevida de recursos destinados ao pagamento de auxílio emergencial. A Operação Thesaurus foi deflagrada na manhã desta terça-feira (28) e prendeu preventivamente o dono de uma lotérica.

As investigações demonstram que, no período de abril a julho de 2020, a agência lotérica solicitou à Caixa Econômica Federal mais de R$ 19 milhões para pagamento de auxílio emergencial e nunca prestou contas do valor recebido. O teor do depoimento do homem detido não foi informado.

Se comprovada a fraude, envolvidos podem responder por peculato e lavagem de dinheiro — Foto: Polícia Federal

Se comprovada a fraude, envolvidos podem responder por peculato e lavagem de dinheiro — Foto: Polícia Federal

A 4ª Vara Criminal Federal da Seção Judiciária no Estado do Pará expediu dois mandados de busca e apreensão e um mandado de prisão preventiva, além do bloqueio de bens e valores até o limite do valor solicitado, de R$ 19 milhões.

Caso seja comprovada a apropriação indevida, os envolvidos serão indiciados pelos crimes de peculato e lavagem de dinheiro.

Fonte: G1 Pará

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *