Menu

Equatorial Pará reforça a importância da poda de árvores perto da rede elétrica

Em locais privados, serviço é de responsabilidade do proprietário do local, já em lugares públicos a podagem deve ser solicitada à prefeitura municipal.

Continua após a publicidade

Para garantir a qualidade e a segurança no fornecimento de energia, é importante a realização de podas preventivas em árvores localizadas perto de postes e fiações elétricas. Em imóveis residenciais e comerciais, este serviço é de responsabilidade do proprietário do local, já em locais públicos, a ação é de atribuição da prefeitura de cada cidade. No entanto, em situações específicas, quando acionada pelo órgão municipal competente, a Equatorial Pará oferece suporte à podagem. 

De acordo com Janilson Sampaio, gerente de Manutenção e Obras da distribuidora de energia, as podas são necessárias pois evitam situações graves e até fatais, já que os galhos de árvores em contato com a fiação podem ocasionar incêndios, por exemplo.

“Os galhos, em contato com a rede elétrica, podem provocar rompimentos de cabos, interrupção do fornecimento de energia e até curto-circuito elevando o risco de incêndio e choque elétrico. Isso é ainda mais perigoso em dias de temporais”, explica.

O gerente também reforça algumas dicas de segurança na hora de fazer a poda perto da rede elétrica. O mais importante é que esta seja realizada por profissionais capacitados. Além disso, nunca se deve realizar a podagem em dias de chuva. 

“Fazer a poda de árvores de médio e grande porte não é um serviço simples. Por isso, o trabalho deve ser realizado em acordo com todas as normas de segurança. Os clientes devem evitar o serviço em dias de chuva, pois há o risco de choque, e, consequentemente, morte”, conclui.

Confira mais algumas dicas sobre podas de árvores:

– Antes de plantar, é preciso avaliar o espaço e a espécie adequada de acordo com o normativo de cada município;

– As árvores, especialmente as de médio porte, devem ser plantadas em calçadas opostas à fiação de energia;

– Vegetações de grande porte só devem ser utilizadas na arborização de praças, bosques, parques, grandes canteiros e espaços abertos, sempre observando a distância em relação à rede elétrica;

– É preciso conhecer previamente a planta para saber a necessidade e o momento da intervenção (poda), bem como as partes a serem aparadas;

– A responsabilidade da poda em residências e propriedades particulares é do proprietário e não deve ser realizada em dias de chuva, pois com o tronco e folhas molhadas há o risco de acidentes;

– Em espaços públicos, a poda deve ser solicitada à prefeitura, que enviará equipes capacitadas e autorizadas para realizar o serviço.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo protegido.