Maconha é droga mais apreendida nas estradas federais do Pará

Continua após a publicidade

Cigarro, bebidas alcoólicas, madeira, além de drogas como maconha estão entre as apreensões mais altas realizadas pela Policia Rodoviária Federal em 2017. O montante recolhido no Pará é superior ao total de apreensões feitas pela PRF na maioria dos estados das regiões norte e nordeste. Em novembro 2017 uma carga de Skank, conhecida como super maconha, avaliada em R$ 1 milhão foi apreendida em Altamira, sudeste do Pará. A apreensão chamou atenção por ser a primeira registrada no município.

De acordo com a PRF o Pará apreendeu nas estradas 8.712 mil litros de bebidas alcoólicas, 47.867 mil pacotes de cigarros e mais de quatro mil metros cúbicos de madeira. A maconha é a droga com um maior número de apreensões, somando um valor de 259,984 gramas apreendidas. Também foram realizadas a apreensão de 154,99 quilos de pescado, armas como espingarda, pistola, revólver, arma branca e outros somam um total de 73 unidades.

No último domingo (4) uma carga de 21 m³ de madeira ilegal foi apreendida pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), em Dom Eliseu, sudeste do Pará. Em 2017 as rodovias próximas aos municípios de Dom Eliseu, Vitoria Do Xing, Castanhal, Capanema, foram alguns dos locais onde aconteceram as apreensões de maderia.

Acidentes
De acordo com o balanço da PRF, o Pará teve 1.496 mil acidentes em rodovias federais (4,1 acidentes por dia) que resultaram na morte de 161 pessoas, um óbito a cada 2 dias e 1.431 mil feridos destes 370 feridos graves. Segundo o levantamento 203.699 mil veículos foram fiscalizados no Pará em 2017, sendo 214.388 mil pessoas passaram pelo crivo da PRF.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *