Menu
Search
Close this search box.

​Jornalista morre em grave acidente na PA-150 entre Goianésia do Pará e Jacundá

Nas redes sociais, circula a informação de que outras duas pessoas, inclusive uma criança, também teriam morrido, o que não foi confirmado por nenhuma fonte oficial

Colisão ocorreu entre um carro de passeio e uma carreta. Veículos pegaram fogo após a batida.
Colisão ocorreu entre um carro de passeio e uma carreta. Veículos pegaram fogo após a batida.
Continua após a publicidade

O locutor e jornalista Sandro Ramos, conhecido como “Bambam”, morreu em um grave acidente de trânsito registrado nesta quarta-feira (7), no quilômetro 127 da PA-150, no trecho que liga Goianésia do Pará a Jacundá, no sudeste do Estado. Nas redes sociais, circula a informação de que outras duas pessoas, inclusive uma criança, também teriam morrido, o que não foi confirmado por nenhuma fonte oficial.

“Bambam” seria o condutor do carro de passeio que colidiu com uma carreta, que teria feito uma ultrapassagem indevida. Após a batida, os dois veículos pegaram fogo, e o motorista sobrevivente teria fugido do local, tomando rumo desconhecido. A reportagem de O Liberal procurou a Polícia Civil na noite desta quarta e questionou sobre a possibilidade das outras supostas vítimas terem sido carbonizadas, mas ainda não houve retorno.​​ Por nota, a PC apenas comunicou que “um inquérito foi instaurado para averiguar os responsáveis pelo acidente”.

Equipes do 50º Batalhão de Polícia Militar e da Delegacia de Goianésia do Pará estiveram no local do acidente para apurar as primeiras informações acerca do ocorrido, bem como acionar a Polícia Científica do Pará (PCP) para os procedimentos cabíveis.

Um vídeo, cuja autoria é desconhecida, foi gravado e divulgado nas redes sociais após a colisão. Nele, é possível ver os dois veículos sendo consumidos pelo fogo. “Acidente aqui no Jacundá antes de chegar para Goianésia. O carro bateu de frente com a caçamba. Acabou de acontecer”, narrou um homem.

Fonte: O Liberal

Compartilhe essa matéria:

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *