Menu
Search
Close this search box.

Operação ‘Amazônia Viva’ apreende motosserras e armas de fogo em ação de combate ao desmatamento em Santarém

Continua após a publicidade

Durante a segunda fase da operação “Amazônia Viva”, da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas), realizada na sexta-feira (17) e sábado (18) em Santarém, no oeste do Pará, de combate a crimes ambientais foram destruídos dois acampamentos, apreendidas 4 motosserras e 4 armas de fogo, além de um trator com pá carregadeira.

A ação contou com o apoio da Delegacia Especializada em Conflitos Agrários (Deca) e da 1ª Companhia Independente de Polícia Ambiental (Cipamb). A operação, de Força Estadual de Combate ao Desmatamento no Pará, percorreu toda a extensão da estrada Transuruará, realizando incursões.

Na sexta-feira, as diligências contaram com a participação do Polícia Civil, por meio da Deca, que tem como titular o delegado Fábio Amaral, da Semas, da 1ª Cipamb, do 4º Grupamento de Bombeiros Militar (GBM) e do Centro de Perícias Renato Chaves (CPC). Foram percorridos, aproximadamente, 140km, sob fiscalização de locais onde estavam ocorrendo desmatamentos, tanto nas proximidades da estrada, quanto em ramais mata a dentro, tendo todos os pontos sido validados com êxito.

Já no sábado, a força-tarefa foi até a região do assentamento Corta-Corda, na região da rodovia Transuruará, local conhecido pela intensa exploração madeireira e por tensões envolvendo disputas por terras. Durante as fiscalizações foram encontrados diversos pontos de exploração de madeira, além de maquinários utilizados na extração da madeira, armas de fogo, madeira em toras e processadas.

Segundo a Polícia, as investigações apontam que no acampamento onde foram encontradas as armas e as motosserras, os indivíduos, ao notar a chegada das equipes, fugiram deixando para trás os equipamentos, visto que os sinais de presença humana eram claros. A madeira em tora e serrada ainda não foi cubada, mas deve ultrapassar os mil metros cúbicos.

Até a publicação dessa reportagem, ninguém havia sido preso. Cerca de 25 agentes estiveram envolvidos nessa operação, e seis viaturas foram utilizadas.

Fonte: G1 Santarém

Compartilhe essa matéria:

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *