Projetos de lei que aumentavam a contribuição dos servidores municipais de Altamira e o valor das diárias são retirados de votação

Continua após a publicidade

A presidência da Câmara Municipal de Altamira, informou ao Portal A Voz do Xingu que resolveu retirar de votação os dois projetos de lei de autoria do Executivo Municipal de Altamira que iria para votação na próxima sessão, marcada para o dia 29 deste mês. Um deles, de nº 40, que foi retirado da pauta, tratava do aumento no valor das diárias do prefeito, vice e secretários municipais. Já o nº 70, que também foi retirado de votação tratava da reforma da Previdência do Município.

De acordo com o projeto de nº 70, os servidores municipais que hoje contribuem com 11% dos seus vencimentos, passariam a contribuir com 14% para a ALTAPREV.

Resolvi retirar esses dois projetos do Executivo Municipal para que possamos ter uma discussão maior junto as classes e a sociedade. Iremos realizar várias audiências públicas para ouvir a sociedade”, disse o presidente da Câmara, vereador Silvano Fortunato (PSB).

Os demais projetos de Lei de autoria do Executivo Municipal como a Criação do Projeto Esperança, rateio dos recursos do FUNDEB, Alterações dos Códigos Tributário e de Obras, Lei Orçamentária Anual (LOA) e PPA (Plano Plurianual) serão votados na reunião do dia 29 de dezembro.

Assim que foram protocolados na Câmara de Vereadores de Altamira os projetos que aumentariam o valor da contribuição previdenciária e o valor das diárias renderam uma grande insatisfação por parte da sociedade, do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública, e também por alguns vereadores que fazem oposição a atual gestão.

Por Wilson Soares – A Voz do Xingu

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo protegido.