Menu
Search
Close this search box.

Seduc oferta novos cursos relacionados ao Meio Ambiente para comunidade escolar

Iniciativa se volta para professores, coordenadores e gestores da rede pública estadual e tem as inscrições online abertas até quinta-feira (3)

Foto: Divulgação/Agência Pará
Foto: Divulgação/Agência Pará
Continua após a publicidade

Em mais uma das ações da Política de Educação para o Meio Ambiente, Sustentabilidade e Clima, lançada pelo governo do Pará, a Secretaria de Estado de Educação (Seduc), oferta dois novos cursos formativos para profissionais da rede pública estadual. Professores, coordenadores pedagógico, gestores e dirigentes escolares interessados já podem se inscrever gratuitamente até quinta-feira (3), data em que começam os cursos, por meio da plataforma Avacefor, do Centro de Formação de Profissionais de Educação Básica do Pará (Cefor), da Seduc. A formação será realizada em parceria com o Instituto Iungo, com aulas ministradas por meio do Youtube do Cefor.

”Nós já ofertamos o primeiro curso formativo intitulado ”Educação Ambiental: práticas para sustentabilidade na Amazônia paraense”, dentro da Política de Meio Ambiente, Sustentabilidade e Clima, e agora estamos com mais dois cursos gratuitos voltados para os profissionais da rede pública estadual, em parceria com o Instituto Iungo, que vai trazer novos saberes sobre essa temática essencial para os educadores amazônicos. É uma nova oportunidade para os profissionais da educação se qualificarem para este novo momento”, explica o professor Augusto Paes, diretor do Cefor.

A formação “Projetos de Vida em diálogo com os Intinerários Amazônicos” terá duração de três meses, com carga horária de 40 horas. O objetivo do curso é promover a formação continuada de professores e coordenadores pedagógicos para atuar com projetos de vida na escola conectando este trabalho ao programa Itinerários Amazônicos (IAM’s).

Já o curso ”Itinerários Amazônicos – Educação para o Meio Ambiente, Sustentabilidade e Clima”, com carga horária de 30 horas, será voltado para professores, coordenadores pedagógicos, dirigentes escolares e regionais. A formação tem como objetivo criar espaços para discussão e sensibilização entre os educadores sobre práticas voltadas à educação ambiental, a partir do contexto amazônico, considerando a diversidade dos espaços, territórios, culturas e identidades.

A oferta dos cursos quer promover uma articulação com os Projetos Integrados da rede estadual do Pará, das áreas de Linguagens, exceto Língua Portuguesa – (componentes: Artes, Educação Física, Língua Estrangeira, Literatura), Ciências Humanas e Sociais Aplicadas (História, Filosofia, Sociologia e Geografia) e Ciências da Natureza e suas Tecnologias (Biologia, Química e Física).

Ações – Criada por meio de projeto de lei, a partir de seis eixos temáticos, a Política de Educação para o Meio Ambiente, Sustentabilidade e Clima ofertará o componente curricular sobre o tema, de forma obrigatória, e contará, ainda, com descentralização de recursos para as escolas a partir do programa Dinheiro na Escola Paraense. A iniciativa conta ainda com cursos formativos para profissionais da educação.

Na lista de ações da Política Estadual contam também com a criação do Centro de Inovação e de Sustentabilidade Ambiental da Educação Básica (Ciseb), a garantia da alfabetização na idade certa, instituição da Rede Global de Jovens Pela Amazônia, que culminará na realização do Encontro Global de Jovens e Meio Ambiente, em agosto de 2024, para uma imersão de 10 dias na Amazônia paraense com estudantes do ensino fundamental e médio do Brasil e de mais 50 países.

Compartilhe essa matéria:

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *