Menu
Search
Close this search box.

Wladimir Costa permanece preso e vai para presídio de Americano, em Santa Izabel

Continua após a publicidade

Na manhã desta sexta-feira, 19 de abril, a audiência de custódia realizada pela Justiça Eleitoral, decidiu manter a prisão do ex-deputado Wladimir Costa, que foi transferido para o presídio de Americano, ainda na noite de quinta-feira, 18, onde ficará detido.

O ex-deputado deixou a 1ª Zona Eleitoral, na travessa Pirajá, em Belém, com destino a Americano, no camburão da Secretaria de Administração Penitenciária. 

Wlad foi preso no Aeroporto Internacional de Belém, na manhã da última quinta-feira, 18/4, acusado de praticar crimes eleitorais, e violência política contra a deputada federal Renilce Nicodemos (MDB). No mesmo dia, após passar por exames periciais na Polícia Científica do Pará, ele foi transferido para a Central de Triagem da Marambaia.

“No primeiro momento não teve decisão e sim uma audiência de custódia, quando o ex-deputado foi ouvido pela juíza. Em contrapartida, o Ministério Público pediu prazo para se manifestar”, declarou Humberto Boulhosa, advogado de Wlad. “A defesa dele solicitou a liberdade, em razão de todo o contexto. Por ele ser ex-deputado, ser primário, ter bons antecedentes, ele tem todos os requisitos para responder o processo em liberdade”, acrescentou Humberto.

Compartilhe essa matéria:

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *