Menu

Casal morre carbonizado após colisão entre carro de passeio e caminhão na PA-124

O acidente foi registrado na tarde de domingo (12/05), entre os municípios de Capitão Poço e Garrafão do Norte

Continua após a publicidade

Um casal morreu após o carro em que estavam se envolver em um acidente de trânsito com um caminhão, na tarde de domingo (12 de maio), na PA-124. O sinistro ocorreu em um trecho entre os municípios de Capitão Poço e Garrafão do Norte, no nordeste do Pará. As informações preliminares são que o veículo menor pegou fogo após colidir com o caminhão e as vítimas, identificadas como João Batista Oliveira do Nascimento e Geisiane de Castro Freitas, morreram carbonizadas.

As informações policiais indicam que o casal era morador da Vila Novo Horizonte, na zona rural do município de Nova Esperança do Piriá. Imagens que circulam nas redes sociais mostram o momento em que o veículo das vítimas e o caminhão são consumidos pelo fogo. As pessoas que narram a situação informaram que o carro foi parar embaixo do caminhão e então o incêndio teve início. Não houve tempo de socorrer as vítimas. Um outro casal estava no caminhão, que ia para São Miguel do Guamá, mas eles conseguiram sair antes do fogo se alastrar e não ficaram feridos.

Pelas redes sociais, a prefeita de Nova Esperança do Piriá, Alcinéia Ferro, lamentou a morte do casal e divulgou uma nota se solidarizando com os familiares e amigos de João e Geisiane.

Segundo a Polícia Civil, o carro de passeio teria avançado na contramão e acabou ocorrendo a colisão e explosão. As autoridades de trânsito e policiais continuam as investigações sobre o caso.

Em nota, a PC informou que duas pessoas morreram no acidente fatal registrado neste domingo, (12/5). O condutor do caminhão foi ouvido. Perícias foram solicitadas para auxiliar nas investigações, conduzidas pela delegacia de Garrafão do Norte.

As informações são de O Liberal

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo protegido.