Comunidades próximas à UHE Belo Monte participam de oficinas para mapeamento de flora e peixes da região

Iniciativa faz parte de projeto que busca criar soluções inovadoras para a restauração ecológica dos ecossistemas do Trecho de Vazão Reduzida do empreendimento

Foto: Divulgação/Norte Energia
Foto: Divulgação/Norte Energia
Continua após a publicidade

A Norte Energia, empresa privada, concessionária da Usina Hidrelétrica Belo Monte, tem apostado no intercâmbio de conhecimentos tradicionais e técnicos entre pesquisadores da Universidade Federal do Pará e os moradores das comunidades que vivem no entorno do empreendimento para a busca por soluções inovadoras na restauração ecológica que possam vir a ser aplicadas no Médio Xingu. Para isto, a empresa realizou duas oficinas: uma direcionada à viabilização de uma rede de coletores sementes na Volta Grande do Xingu e outra sobre conhecimentos populares de ictiofauna (peixes) da região.

Foto: Divulgação/Norte Energia

Com a iniciativa, além do intercâmbio de conhecimentos com os moradores locais, a ação é o ponto de partida para a criação de um banco de informações sobre as espécies do Trecho de Vazão Reduzida (TVR) da Usina, no sudoeste paraense.

As atividades, que surgiram de demandas da própria população, foram realizadas na comunidade Kaituká, localizada no município de Vitória do Xingu, onde cerca de 30 participantes discutiram as ações do projeto, com troca de conhecimentos técnicos e populares sobre as espécies da flora e de peixes encontradas na área de influência do empreendimento.

Foto: Divulgação/Norte Energia

Do grupo, serão selecionados participantes interessados em ingressar em um projeto de pesquisa sobre a viabilidade de uma rede de sementes e do programa de monitoramento participativo da reprodução de peixes. O projeto resultará na criação de um banco de informações do território a partir da visão dos próprios moradores, que servirá como base para as ações de restauração ecológica na região.

De acordo com o gerente de monitoramento socioambiental da Norte Energia, Bruno Bahiana, as oficinas buscam engajar as comunidades e fortalecer o relacionamento entre o empreendedor e a população local. “A partir desta integração com os participantes, poderemos fazer outras atividades de formação. A Norte Energia incentiva a realização de projetos de pesquisa que aprofundem os fundamentos científicos de forma a possibilitar a realização de atividades de manejo e conservação dos ecossistemas da Volta Grande do Xingu”, afirma.

Com informações da Assessoria de imprensa da Norte Energia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *