Governo do Estado vai liberar R$ 1 milhão para Medicilândia adquirir equipamentos e maquinários

Continua após a publicidade

O Governo do Pará, por meio da Sedap (Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca), assina convênio para aquisição de maquinário e equipamentos para manutenção de estradas vicinais nesta sexta-feira (18), em Medicilândia, sudoeste paraense. O Estado assegura mais de R$ 1 milhão, em contrapartida para aquisição dos equipamentos, que serão adquiridos em parceria com a prefeitura local. A ideia é facilitar o escoamento da produção local e trabalhar na infraestrutura das vicinais do município.

Medicilândia – O município surgiu a partir do PIN (Programa de Integração Nacional) instituído no ano de 1970, e implantado, a partir de 1971, pelo governo federal. O objetivo do PIN era o de desenvolver um grande programa de colonização dirigida na Amazônia, trazendo trabalhadores sem terra de diversos pontos do Brasil, em especial, do Nordeste. A Rodovia Transamazônica se constituía no eixo ordenador de todo o Programa e, no Pará, os trechos Marabá-Altamira e Altamira-Itaituba foram objeto de planejamento e investimentos especiais.

Fazia parte do Programa a construção de agrópolis: reunião de agrovilas, cuja polarização se dava em torno de um núcleo de serviços urbanos. Medicilândia teve origem na agrovila que foi instalada no Km 90 da rodovia, no trecho situado entre Altamira e Itaituba.

Em 6 de maio de 1988, através da Lei nº 5.438, no governo de Hélio Gueiros, Medicilândia foi elevada à categoria de Município. Possui uma população de 31 597 pessoas. Sua economia é baseada na produção agrícola, tendo grande destaque o cacau. Vale ressaltar que Medicilândia é conhecida como Capital Nacional do Cacau.

A Voz do Xingu – com informações da Agência Pará

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *