Menu

Motorista acusado de matar casal na BR-163 é dispensado de participar de julgamento após passar mal

O caso aconteceu em 24 de julho de 2019, quando Gerson dirigia embriagado e em alta velocidade, resultando no acidente.

Continua após a publicidade

Na manhã desta segunda-feira (10) foi aberto o julgamento de Gerson Leite Regalado, acusado de causar a morte de Mansueto Neto de Aguiar e Maria Morenita de Aguiar em um acidente na BR-163, próximo de Belterra, no oeste do Pará. O caso ocorreu em 24 de julho de 2019, quando Gerson dirigia embriagado e em alta velocidade, resultando no acidente. Durante o julgamento, réu passou mal e foi liberado pela Justiça para retornar à sua residência.

Segundo o relatório do processo, Gerson Leite Regalado tentou realizar uma ultrapassagem perigosa em uma curva sinalizada como proibida. Em decorrência dessa manobra, ele colidiu com a motocicleta ocupada por Mansueto Neto e Maria Morenita, que trafegavam no mesmo sentido. Mansueto morreu no local do acidente e Maria Morenita foi levada ao Hospital Municipal de Santarém, mas também não resistiu.

O relatório também informou que o acusado já tem um histórico de dirigir sob efeito de álcool e já se envolveu em outros acidentes e causou outras morte. O julgamento espera a presença de nove testemunhas para prestar depoimento.

Fonte: G1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo protegido.