Menu

Operação Xingu contra tráfico de drogas e associação criminosa prende 10 pessoas em 6 cidades da região Transamazônica, no Pará

Ação ocorreu simultaneamente para cumprimento de mandados. Dois suspeitos foram mortos na ação, durante um tiroteio.

Operação Xingu cumpre mandados em seis cidades paraenses. — Foto: Reprodução / Polícia Civil do Pará
Operação Xingu cumpre mandados em seis cidades paraenses. — Foto: Reprodução / Polícia Civil do Pará
Continua após a publicidade

Dez pessoas foram presas durante a operação “Xingu“, da Polícia Civil, que investiga crimes de tráfico de drogas e homicídios no sudoeste do Pará. Foram sete prisões em flagrante, dois mandados de prisão preventiva e um de prisão temporária. Duas pessoas foram mortas em tiroteios.

Os policiais das delegacias vinculadas à Superintendência Regional do Xingu, com apoio da Polícia Militar, também cumpriram oito mandados de busca e apreensão.

Os agentes saíram na noite de terça-feira (12 de dezembro) e pela manhã desta quarta (13) para as ações que ocorreram seis municípios, incluindo Altamira.

O delegado Ricardo Vieira, titular da Superintendência, informou que foram mais de 35 policiais civis envolvidos na ação que aconteceu de forma simultânea.

De acordo com o delegado Hennison Jacob, da Diretoria de Polícia do Interior, “todas as informações coletadas em depoimentos e cumprimento dos mandados devem compor investigações e guiar diligências, que estão em andamento para localizar e prender outros envolvidos”.

A PC informou que todos os presos foram encaminhados às unidades policiais dos respectivos municípios para procedimentos e estão à disposição do Poder Judiciário.

Altamira

Em Altamira, um homem foi preso em flagrante suspeito de homicídio qualificado, tráfico de drogas e porte de arma de fogo. Com ele os policiais apreenderam:

– 1,7 kg de substância análoga à crack,

– 1,8 kg de substância semelhante à maconha;

– 53 gramas de substância análoga a cocaína,

– balança de precisão,

– uma pistola 9mm,

– um revólver calibre .22,

– munições de calibres variados,

– chaves e documentos de motocicletas provavelmente frutos de furto ou roubo;

– R$1.226,00 em dinheiro vivo.

Na residência que ele estava, a operação também encontrou e apreendeu uma motocicleta, supostamente utilizada em um homicídio no último dia 10 de dezembro.

Em outra residência, dois homens se envolveram em um tiroteio com os policiais. A Polícia disse que eles foram socorridos para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Altamira, mas não resistiram. No tiroteio, uma mulher e duas crianças foram mantidas reféns em um dos cômodos. Ambas foram resgatadas.

Segundo a Polícia, um homem havia sido atraído para o imóvel em uma emboscada e também foi resgatado pelos policiais, antes que os sujeitos o executassem. Os alvos da prisão tinham cargo de relevância dentro da organização criminosa e já eram investigados pelos policiais por diversos crimes, de acordo com as investigações.

Na casa foram apreendidos dois revólveres calibres 38 e 32 com munições intactas e deflagradas, uma mochila contendo porções de maconha, crack e uma balança de precisão.

Anapu

A operação cumpriu quatro mandados de busca e apreensão em Anapu. Um casal foi preso em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico e posse ilegal de arma de fogo.

Os policiais apreenderam um revólver calibre .38 com munições intactas; R$4 mil em espécie, além de quantidade não informada de maconha e crack.

Brasil Novo

No município de Brasil Novo, dois homens receberam voz de prisão, sendo um deles preso em flagrante por tentativa de homicídio e por porte irregular de arma de fogo. O outro por ameaçar a companheira.

Senador José Porfírio

Em Senador José Porfírio, um suspeito foi preso pelos policiais, alvo de mandado de prisão preventiva pelo crime de descumprimento de medidas protetivas contra ex-companheira.

Porto de Moz

Já no município de Porto de Moz, um mandado de prisão preventiva foi cumprido contra um homem por agredir a ex-companheira e por descumprir medidas protetivas.

Uruará

Um homem recebeu voz de prisão em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas, posse irregular de arma de fogo e receptação em Uruará. Os policiais encontraram com ele:

– mais de 350 gramas de diversos tipos de entorpecentes,

– balança de precisão, pinos e saquinhos plásticos para embalar entorpecentes,

– equipamentos de preparo de drogas,

– arma de pressão,

– munições calibre 38,

– celulares,

– dinheiro (quantia não informada),

– cartões de banco,

– documentos e chaves de veículos em nome de terceiros,

– anotações da contabilidade da venda dos materiais ilícitos,

– uma motocicleta com registro de roubo no município de Altamira.

O segundo suspeito também recebeu voz de prisão em flagrante por perseguição, posse irregular de arma de fogo e desobediência. Um terceiro investigado foi preso em cumprimento a um mandado de prisão temporária que apura o desaparecimento de um adolescente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo protegido.