Menu

Polícia investiga morte de paraense de 22 anos em apartamento no Rio de Janeiro

Continua após a publicidade

A Polícia Civil do Rio de Janeiro investiga a morte da paraense Bruna Guterres, de 22 anos. A jovem foi encontrada sem vida dentro do apartamento em que morava, na zona oeste da capital carioca. No momento do crime, os dois filhos dela estavam sob os cuidados de uma vizinha. Não há testemunhas. Bruna era natural do município de Capanema.

Amigos da paraense acreditam em crime de feminicídio. A Polícia abriu inquérito para investigar o caso e elucidar todas as possibilidades. Um laudo pericial foi feito, e deverá apontar a causa da morte nos próximos dias. Mais informações não foram divulgadas.

Familiares da moça se mobilizaram para arrecadar dinheiro para pagar o traslado do corpo de Bruna para o Pará. Ainda não há informações sobre data e horário do transporte, só o que se sabe, é que o enterro será realizado na cidade de Castanhal, conforme divulgou um familiar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo protegido.