Menu

Suspeito de participar de atentado a PM e outros dois homens morrem em intervenção, em Ananindeua

No local do esconderijo a Polícia Militar ainda encontrou armamentos, munições e entorpecentes

Continua após a publicidade

Três homens morreram na manhã de domingo (7 de janeiro), após uma intervenção policial no conjunto Olga Benário, bairro de Águas Lindas, em Ananindeua. Segundo a PM, eles seriam Milton Ferreira Pereira, Wellton Pereira Cardoso Junior, vulgo ‘Lágrima’, e um terceiro, sem identificação. Milton seria suspeito de participar da tentativa de latrocínio que resultou no baleamento de um policial militar, na manhã de sábado (6/01), na Praça da República, e estaria escondido se preparando para fugir.

A PM informou que a operação ocorreu após uma denúncia anônima, que levou uma equipe do 30º BPM até o endereço. No local, os policiais teriam sido recebidos com disparos de arma de fogo, feitos pelos três homens. Durante a troca de tiros, Milton, Wellton e o terceiro envolvido foram baleados. A equipe policial chegou a socorrer os suspeitos e os levar à uma unidade de saúde, mas eles não resistiram aos ferimentos e evoluíram a óbito.

De acordo com o relatório policial, Milton seria o condutor da motocicleta que deu fuga ao suspeito que baleou o policial militar na Praça da República. Com a morte dele, todos os suspeitos de envolvimento no caso foram identificados. Além disso, ainda conforme a PM, no banco de dados constava que Wellton estaria foragido da Justiça.

Na residência onde os três homens estavam foram encontrados vários materiais ilícitos. Entre eles, três armas de fogo de fabricação caseira; duas munições cal. 36; uma munição cal. 28, três munições .40; dois carregadores .40; uma balança de precisão; uma chave de automóvel Honda; 20 petecas de pasta de cocaína; quatro petecas de maconha e três petecas de cocaína.

As informações são de O Liberal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteúdo protegido.