Futebol Social promoveu palestra sobre esporte e educação para crianças e adolescentes de Altamira

O ex-jogador de futebol profissional, William Melo, trocou experiências com jovens atendidos pelo projeto de responsabilidade social da Norte Energia

Foto: Divulgação/Norte Energia
Foto: Divulgação/Norte Energia
Continua após a publicidade

Ao longo desta semana, crianças e adolescentes alunos do Futebol Social, desenvolvido pela Norte Energia, empresa privada, concessionária da UHE Belo Monte, participaram de palestra ministrada pelo ex-jogador profissional William Melo, altamirense que já atuou em grandes clubes do Pará e nacionais. Com o tema “Futebol e estudo, caminhando juntos”, a programação buscou orientar os participantes sobre como conciliar a atividade esportiva e os estudos.

As palestras foram realizadas nos novos bairros construídos pela empresa: Água Azul, Casa Nova, Jatobá, Laranjeiras e São Joaquim. Durante a atividade, o ex-atleta conversou com os jovens sobre a carreira de jogador de futebol, um sonho para a maioria dos participantes. “É importante se dedicar aos estudos, o que pode nos proporcionar estabilidade financeira, algo que nem sempre é possível no mundo do futebol e esse bate-papo nos ajuda a mostrar aos jovens do projeto o quão importante é tentar conciliar as duas áreas”, destaca William, que atualmente trabalha como fisioterapeuta e jogou em times como Remo (PA), Corinthians (SP), Itumbiara (GO) e Operário (PR).

“O Futebol Social valoriza não somente as práticas esportivas, mas busca repassar aos alunos orientações sobre educação, saúde e espírito de equipe, com a promoção da boa convivência entre os participantes. A experiência do William Melo vem refletir positivamente no sonho desses jovens”, destacou a gerente de Projetos de Sustentabilidade da Norte Energia, Fernanda Mayrink.

O Futebol Social integra o Belo Monte Comunidade, projeto de responsabilidade social da Norte Energia. A ação conta com treinamentos nas quadras dos próprios bairros em três categorias: sub-10 (de 7 a 10 anos de idade), sub-13 (de 11 a 13 anos) e sub-17 (de 14 a 17 anos). As atividades presenciais foram retomadas em maio deste ano com turmas reduzidas de até 20 alunos, devido às restrições impostas pela pandemia e seguem todas as exigências sanitárias para a prevenção da Covid-19. As aulas são ministradas por professores do Serviço Social da Indústria SESI.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *