Pastor acusado de matar duas pessoas é preso em Rurópolis, no Pará

Os crimes aconteceram no Estado do Mato Grosso. Acusado está com a prisão decretada pela Justiça

Policiais civis de Rurópolis prenderam Paulo Cortes, 48 anos, que é acusado de dois homicídios. A detenção dele ocorreu na quinta-feira (4), por volta das 18 horas, na entrada da “Invasão do Rodeio” (Divulgação/Polícia Civil)
Policiais civis de Rurópolis prenderam Paulo Cortes, 48 anos, que é acusado de dois homicídios. A detenção dele ocorreu na quinta-feira (4), por volta das 18 horas, na entrada da “Invasão do Rodeio” (Divulgação/Polícia Civil)
Continua após a publicidade

Policiais civis de Rurópolis, no sudoeste do Pará, prenderam Paulo Cortes, 48 anos, que é acusado de dois homicídios. A detenção dele ocorreu na última quinta-feira (4), por volta das 18 horas, na entrada da “Invasão do Rodeio”.

Natural de Barra de São Francisco (ES), ele estava com prisão preventiva decretada pelo Poder Judiciário de Terra Nova do Norte (MT), sob a acusação de ter matado dois homens. Paulo responde a processo por homicídio qualificado.

Durante diligências, os policiais descobriram que Paulo Cortes era líder religioso e conhecido popularmente por Pastor Paulo, tendo, inclusive, residência fixa na zona urbana da cidade. Ele foi preso e conduzido à Delegacia. Não foram divulgadas informações sobre os crimes atribuídos ao acusado, que agora deverá ser transferido para o Mato Grosso, onde responde pelos dois homicídios.

Fonte: O Liberal

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: Conteúdo protegido.