Ponte corre risco de cair na Rodovia Transamazônica; veja o vídeo

Passageiros estão descendo dos veículos para poder passar a pé pela ponte, já que o medo dela desabar é grande.

Foto: Ademir de Camargo/A Voz do Xingu
Foto: Ademir de Camargo/A Voz do Xingu
Continua após a publicidade

A ponte sobre o Igarapé Cearense, na altura do km108, da BR-230, no trecho entre Medicilândia a Uruará, no sudoeste do Pará, corre o risco de cair a qualquer momento.

A estrutura da ponte de madeira está comprometida e com medo, os passageiros ao chegarem ao local, estão preferindo descer dos transportes alternativos que fazem linha na região e passar a pé sobre a ponte.

Veja o vídeo encaminhado com exclusividade ao Portal A Voz do Xingu

A preocupação com as condições da ponte aumentou nas últimas horas, devido as fortes chuvas que tem caído na região nos últimos dias e aumentado o volume de água no igarapé. Segundo os motoristas, ao passar pela ponte, ela balança muito.

Foto: Ademir de Camargo/A Voz do Xingu
Foto: Ademir de Camargo/A Voz do Xingu

Nessa foto também encaminhada para o Portal A Voz do Xingu é possível ver um dos esteios que sustenta a estrutura da ponte completamente rachado. Os motoristas temem que o pior possa acontecer a qualquer momento, caso os responsáveis pela manutenção da rodovia não tomem uma providência urgente. 

A ponte de madeira foi construída há mais de uma década, e segundo os motoristas e agricultores que vivem nas proximidades, nos últimos 5 anos ela só tem recebido pequenos reparos.

Quem não conhece a estrada, não sabe da situação dessa ponte. Só descobre em cima e não tem como evitar. Faz é morrer mesmo”, disse um motorista que passou pelo local.

A obra de revitalização da ponte é de responsabilidade do Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (DNIT).

A produção do Portal A Voz do Xingu entrou em contato com o responsável pelo DNIT, e fomos informados que o órgão já está ciente da situação e que uma equipe já se deslocou até local, para ver o que pode ser feito de imediato.

Por Wilson Soares – A Voz do Xingu

Foto e Vídeo: Ademir de Camargo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *